Rádio Observador

Figueira da Foz

Al Di Meola, Átoa e Azeitonas atuam nas Festas da Cidade da Figueira da Foz

Al Di Meola, Átoa e Azeitonas vão aturar nas Festas da Cidade de Figueira da Foz. Há ainda um desfile de marchas populares, torneios desportivos e um espetáculo de fogo de artifício.

Segundo João Ataíde, o orçamento é semelhante ao de 2016, fixando-se nos 130 mil euros

MARIO CRUZ/LUSA

Al Di Meola, Átoa e Azeitonas vão atuar na Figueira da Foz, durante as Festas da Cidade da Figueira da Foz, que decorrem de 2 de junho a 2 de julho, com desporto, gastronomia e tradição.

A festa arranca a 2 de junho, sexta-feira, com Al Di Meola, guitarrista “virtuoso do jazz”, que atua no Centro de Artes e Espetáculos (CAE). A 10 de junho é a vez dos Átoa, num concerto de entrada livre no Jardim Municipal.

Na noite de 23 de junho, há desfile de marchas populares, espetáculo de fogo de artifício e animação noite dentro na praia do Forte, onde se acendem as fogueiras de São João e onde vai atuar o DJeff Afrozila. A 30 de junho, sobem ao palco na Praça do Forte os Azeitonas, pelas 22h00.

“É um mês de festa para toda a família”, sublinhou o presidente da Câmara, João Ataíde, durante a apresentação do programa, referindo que as festas, com um programa semelhante ao de 2016, foram pensadas “na estratégia de afirmação turística” da Figueira da Foz, que pretende apresentar-se como “family friendly”. Para além dos concertos, haverá arraiais, feira popular (de 9 a 25 de junho) e marchas populares, que este ano contam com a participação “de seis grupos”.

A Festa da Sardinha decorre de 8 a 10 de junho e a feira das freguesias de 14 a 18 de junho, e de 28 de junho a 02 de julho, eventos que decorrem no pavilhão multiusos do concelho. No programa das festas, há ainda vários eventos centrados em atividades desportivas, como é o caso da 11.ª Meia Maratona da Figueira da Foz, que decorre a 4 de junho.

Para além disso, realizam-se ainda torneios de ténis, ‘beach rugby’, ‘footvolley’, ‘beach volley’ e a “regata mais louca do Mondego”, organizada pelos escuteiros marítimos. A 24 de junho, feriado municipal, a Figueira da Foz entrega distinções honoríficas, numa cerimónia no CAE.

Segundo João Ataíde, o orçamento é semelhante ao de 2016, fixando-se nos 130 mil euros.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)