Rádio Observador

Novak Djokovic

Roland Garros. Djokovic admite fazer uma pausa depois da eliminação nos quartos de final

O tenista sérvio Novak Djokovic, número dois mundial, admitiu fazer uma pausa na época, depois da eliminação nos quartos de final de Roland Garros, diante do austríaco Dominic Thiem.

A finalizar, o tenista reconheceu que não esperava fazer um jogo tão mau frente a Thiem, tenista que tinha vencido nas meias-finais do torneio de Roma, onde acabou por perder na final frente ao alemão Alexander Zverev

TATYANA ZENKOVICH/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O tenista sérvio Novak Djokovic, número dois mundial, admitiu fazer uma pausa na época, depois da eliminação de hoje nos quartos de final de Roland Garros, diante do austríaco Dominic Thiem.

A derrota de Djokovic, por 7-6 (7-5), 6-3 e 6-0, deixará o sérvio, pela primeira vez desde julho de 2011, fora dos dois primeiros lugares da classificação mundial ATP, liderada pelo escocês Andy Murray.

Não é uma decisão fácil, tenho que ver como me sinto depois deste torneio e posteriormente tomarei uma decisão“, disse o sérvio quando questionado se ponderava uma paragem a seguir a esta derrota.

O tenista reconheceu que a época “não está a ser boa” e que tem pensado em muitas coisas para “encontrar a melhor solução”, embora tenha esclarecido que o desaire nada tem a ver com a colaboração que iniciou há algumas semanas com Andre Agassi.

“Que isso fique de lado, não tem nada a ver. Perdi o terceiro ‘set’ desta maneira pelos meus erros”, explicou o sérvio, acrescentando que a colaboração com Agassi, que venceu oito torneios de ‘Grand Slam’, um dos quais em Roland Garros (1999), é algo que o entusiasma.

O tenista sérvio também venceu Roland Garros, que tem sido dominado por Rafael Nadal, o recordista de vitórias em Paris (nove), e pela primeira vez no último ano, batendo na final Andy Murray.

Está-se a abrir um novo capítulo na minha vida, há que pensar em tudo o que se tem passado e ver onde me leva“, justifico ‘Djoko’, que diz ter perdido alguma felicidade desde essa sua última vitória num ‘Grand Slam’.

A finalizar, o tenista reconheceu que não esperava fazer um jogo tão mau frente a Thiem, tenista que tinha vencido nas meias-finais do torneio de Roma, onde acabou por perder na final frente ao alemão Alexander Zverev.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)