O preço do barril de crude da OPEP atingiu esta sexta-feira o seu preço mais baixo desde 30 de novembro do ano passado, ao atingir os 45,78 dólares, menos 2,1% do que na sessão anterior, foi anunciado em Viena, Áustria.

De acordo com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), o crude perdeu 10,6% desde que no passado dia 25 de maio os seus 14 sócios e outros dez grandes produtores prorrogaram a sua política de redução da produção, mas sem ampliar a quantidade de petróleo retirado dos mercados.

Com o atual preço, o crude da OPEP encontra-se apenas um dólar acima do nível que tinha em 30 de novembro, quando os produtores decidiram pela primeira vez cortar na extração para estabelecer e impulsionar os preços.