Já disponível por encomenda, ainda que as primeiras unidades só devam começar a chegar aos futuros proprietários lá mais para o final do ano, a nova versão do Aston Martin DB11, que é também o primeiro veículo homologado para estrada na história da marca de Gaydon a ostentar um motor fornecido pela AMG, apresentou-se aos fãs britânicos no Festival de Velocidade de Goodwood, actualmente a decorrer, com uma passagem em pista em que não deixou de fazer soar a característica sonoridade do seu novo V8 de 510 cv e 695 Nm de binário.

Apesar de anunciando menos cerca de 100 cv e 5 Nm que o V12 que habitualmente equipa os carros do fabricante de Gaydon, a verdade é que este novo V8, que a Mercedes-Benz já utiliza em modelos particularmente exclusivos como o AMG GT S, veio garantir ao DB11 não só uma diminuição no peso a rondar os 115 kg, como prestações muito idênticas às do bloco maior. Desde logo, uma aceleração dos 0 aos 100 km/h na ordem dos 4,0 segundos, ou seja, um décimo de segundo menos, além de uma velocidade máxima anunciada de 300 km/h, contra os 322 km/h do V12. Tudo isto com consumos na casa dos 9,9 l/100 km.

O V8 foi posicionado o mais baixo possível à frente, o que permitiu optimizar o centro de gravidade, tendo a Aston Martin procedido também à reprogramação do mapeamento do acelerador. Por outro lado, este DB11 integra novos ECU e apoios do motor, a par de alterações em diversos componentes da suspensão e no controlo electrónico de estabilidade. Tudo visando proporcionar melhores sensações de condução.

O desportivo britânico está disponível para encomenda, no Reino Unido, por preços a partir de 144.900 libras, ou 184 mil euros na Alemanha.