A polícia venezuelana está a investigar o homicídio de um comerciante português de 56 anos, ocorrido na última quinta-feira em Guatire (50 quilómetros a leste de Caracas). Segundo as fontes, o português foi intercetado por vários homens armados quando circulava pela rua 9 de Dezembro a bordo de uma carrinha Cherokee, de cor branca.

As primeiras investigações dão conta de que os assaltantes dispararam contra o comerciante sem trocar palavras.

O assassinato teve lugar durante a celebração do dia de São Pedro na região.

As investigações estão a cargo do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (CICPC, antiga polícia técnica judiciária).

A insegurança é uma das principais preocupações dos cidadãos que residem na Venezuela e afetando por igual cidadãos nacionais e estrangeiros radicados no país, entre eles a comunidade portuguesa.

Dados não oficiais dão conta de que em 2016 pelo menos 18 mil pessoas foram assassinadas na Venezuela.