Presidente Trump

Trump volta à carga por tweet: “Comey fez fuga de informação classificada. Isso é tão ilegal!”

Numa altura em que foram divulgadas informações sobre um contacto entre o seu núcleo de confiança e fontes russas, durante a campanha, presidente americano volta-se (de novo) para ex-diretor do FBI

AFP/Getty Images

Mais uma investida de Donald Trump, via Twitter, contra o ex-diretor do FBI, James Comey, agora numa altura em que surgem novas provas sobre contactos mantidos entre pessoas do seu núcleo duro com a Rússia, durante a campanha presidencial. “James Comey promoveu uma fuga de informação classificada para a comunicação social. Isso é tão ilegal!“, escreveu o presidente dos Estados Unidos esta segunda-feira.

Não é propriamente uma acusação original de Donald Trump ao diretor do FBI que foi demitido no início de maio. O presidente norte-americano tem estado em guerra com Comey desde que o demitiu, alegando que o processo dos e-mails de Hillary Clinton tinha sido mal conduzido. É que o mesmo Comey estava também a liderar a investigação do FBI às supostas relações entre equipa de Trump, durante a campanha presidencial, com as autoridades russas.

Este domingo, foi confirmada pela primeira vez a existência de um contacto, com Trump a ser representado numa reunião com uma advogada russa pelo filho mais velho. Donald Trump Jr. desvalorizou o encontro que aconteceu depois de lhe terem sido prometidas informações prejudiciais à candidatura presidencial de Hillary Clinton. Recorde-se também, a propósito da relação entre Trump e Comey, que o ex-diretor do FBI revelou, na audição perante o Comité de Serviços de Informação do Senado norte-americano, que tinha feito uma fuga de informação de conversas privadas com o presidente através de um amigo.

Esta segunda-feira, numa sequência de vários tweets na sua conta oficial — sobre mais do que um tema –, o presidente americano ainda escreveu sobre a presença da sua filha Ivanka numa reunião do G-20 em sua substituição. Primeiro começa por explicar-se, mostrando até a aprovação da chanceler alemã: “Quando sai da sala para uma curta reunião com o Japão e outros países, pedi à Ivanka para ocupar o meu lugar. Muito normal. Angela M. [Merkel] concordou!”.

E logo de seguida lamentou que se o mesmo se tivesse passado com Hillary, e esta tivesse deixado a filha Chelsea Clinton substitui-la numa reunião deste género, os títulos das “fake news diriam ‘Chelsea a presidente!'”

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rtavares@observador.pt
Presidente Trump

As duplas faces de Trump

Salvador Furtado
124

Trump faz da política um jogo. Enfraquece os outros à procura de se fortalecer a si. A visita ao Reino Unido foi como uma corrida de cavalos e Trump fez uma aposta – num senhor com o cabelo como o seu

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)