A Oil Investments BV e a Topbreach Holding BV, duas sociedades do empresário Américo Amorim com sede na Holanda, estão a processar o Estado português. Segundo o Jornal de Negócios, trata-se de uma ação administrativa, de cerca de 200 milhões de euros, não só contra o Estado, mas também contra o Banco de Portugal e o Novo Banco.

Ainda estão por apurar as causas que levaram a este processo, mas já não é a primeira vez que estas sociedades processam o Novo Banco.

O mesmo aconteceu em julho de 2015, cuja ação foi avaliada na altura em em 179,3 milhões de euros — valor semelhante ao investido em instrumentos de dívida da Espírito Santo Irmãos, que se encontra em insolvência.