A revista Forbes Portugal divulgou esta terça-feira a lista das dez maiores fortunas do país, contas que fazem parte de uma edição especial desta publicação que será publicada na quinta-feira, dia 12, e onde serão revelados os 45 mais ricos do país. A família Amorim continua a liderar a lista com uma fortuna acumulada de 4,5 mil milhões de euros (mais 662 milhões do que o que foi contabilizado pela Exame em 2017, o que representa um aumento de 17%). A família de Belmiro de Azevedo — que morreu em 2017 e ocupava o quarto lugar na lista feita em 2017 da Exame — desapareceu da lista.

A capa da revista Forbes que irá para as bancas dia 12

A Forbes só divulga os 45 nomes dia 12, mas já revelou os 10 maiores. As dez maiores fortunas totalizam mais de 14,6 mil milhões de euros. Já se se alargar a base aos 45 mais ricos do país — o que fez a Forbes — as fortunas somam mais de 24 mil milhões de euros, o que significa cerca de 13% do Produto Interno Bruto do país. A revista acrescenta que, da lista de 45, “fazem parte empreendedores, investidores e empresários de vários ramos de atividade (…) o turismo ao mundo tecnológico, da energia ao desporto”. Segundo a Forbes, o mais mediático é Jorge Mendes, agente de Ronaldo e dono da Gestifute (com uma fortuna de 157 milhões de euros), e o menos conhecido do grande público é António Alexandrino de Oliveira Daniel.

A revista revela ainda que do rol de 45, cinco são mulheres e dois são “unicórnios” (Farfetch e OutSystems).

Pode ver em baixo a lista das 10 maiores fortunas em Portugal em julho de 2018:

1. Maria Fernanda Amorim & família

Fortuna: 4502 milhões de euros (3840 milhões de euros em 2017)

Principais ativos: Galp, Corticeira Amorim, Banco Único (Moçambique)

2. Alexandre Soares dos Santos & família

Fortuna: 3419 milhões de euros (2.532 milhões de euros em 2017)

Principais ativos: Jerónimo Martins e Walk’in Clinics

3. Vítor Manuel da Silva Ribeiro & família

Fortuna: 1401 milhões de euros (952 milhões de euros em 2017)

Principais ativos: Alves Ribeiro Construção, Banco Invest e Mundicenter

4. Vasco de Mello & família

Fortuna: 1179 milhões de euros (1.471 milhões de euros em 2017)

Principais ativos: José de Mello Saúde e Brisa e Bondalti

5. Pedro Mendonça de Queiroz Pereira

Fortuna: 1129 milhões de euros (569 milhões de euros em 2017)

Principais ativos: Grupo Semapa (Secil, The Navigator Group) e Hotel Ritz

6 e 7. Manuel Violas e Rita Violas e Sá

Fortuna: 889 milhões de euros (não integravam top 10 em 2017)

Principais ativos: Super Bock Group, Solverde (casinos e hotel), colégio Clip, Cotesi.

8. Luís Vicente

Fortuna: 822 milhões de euros (não integrava top 10 em 2017)

Principais ativos: grupo Luís Vicente e Refriango

9. José Neves

Fortuna: 689 milhões de euros (não integrava o top 10 em 2017)

Principais activos: Farfetch

10. Fernando Jorge Pinho Teixeira

Fortuna: 612 milhões de euros

Principais activos: Grupo Ferpinta

Segundo a Forbes “há cada vez mais milionários em Portugal”. A revista cita o último relatório “Global Wealth”, do Credit Suisse, que aponta que existiam, em 2013, 65 mil portugueses com mais de 1 milhão de euros, tendo esse número crescido para 68 mil em 2018. O critério da Forbes foi indicar os milionários com fortunas líquidas superiores a 150 milhões de euros.

Há um ano, a revista Exame divulgou quem eram os 25 mais ricos do país.