A situação no Aeroporto Internacional da Madeira tende a normalizar, dada a quase ausência de vento, com quatro voos a saírem para os destinos, sendo que esta madrugada o último a avião aterrar foi uma aeronave divergida.

O voo da Travel Service que estava desde terça-feira divergido para as ilhas Canárias, aterrou poucos minutos depois das 4h00 desta madrugada. O vento, de acordo, com fonte aeroportuária não se compara ao dos últimos dois dias, permitindo que os aviões da companhia portuguesa TAP tivessem feito o habitual ‘night stop’ e partissem esta manhã para o Porto e Lisboa.

Nestas aeronaves seguiu a equipa do Marítimo, dividida por dois aviões, dada a indisponibilidade de lugares. No primeiro avião seguiu a direção, equipa técnica e alguns convidados do clube e, no segundo, os restantes jogadores. O jogo entre Marítimo e Botev Plovdiv está marcado para as 18h30 de quinta-feira (20h30 locais), a contar para a primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa.

A mesma fonte adiantou que durante terça-feira foram cancelados 22 movimentos, afetando cerca de 6.600 passageiros. Ainda assim, as abertas no vento, na terça-feira, permitiram a aterragem de 39 aviões.