Pequeno e (ainda) desconhecido fabricante automóvel japonês de superdesportivos, a Aspark reservou já um lugar no próximo Salão Automóvel de Frankfurt, onde tem previsto apresentar a sua primeira criação – o Owl. Trata-se de um superdesportivo 100% eléctrico, do qual o construtor acaba de divulgar algumas imagens e (poucos) dados, complementados com uma promessa tão importante quanto ambiciosa: esta “Coruja” será também a “ave” mais rápida na aceleração em todo o mundo, cumprindo os 0 a 100 km/h em menos de 2 segundos! Será?

A trabalhar no projecto desde 2014, a Aspark criou um superdesportivo totalmente em fibra de carbono e equipado com rodas fabricadas em magnésio ultraleve. Graças ao já esperado peso-pluma e a uma carroçaria com menos de um metro de altura (990 mm, segundo o fabricante), esta ‘ave’ promete arrasar com qualquer adversário na aceleração.

Não adiantando muito mais em termos de dados técnicos ou prestações, o fabricante japonês divulgou um vídeo no qual é possível ver uma unidade de desenvolvimento, ainda sem carenagem e com a estrutura tubular à mostra, a evidenciar uma capacidade de aceleração que se antevê impressionante.

[jwplatform vvImQ74L]

A Aspark não explicita se este Owl é ainda um concept, ou se, pelo contrário, estamos já em presença de uma unidade pronta para passar à produção. Para o esclarecimento destas e de (muitas) outras dúvidas, a única solução será mesmo esperar pela abertura das portas do Salão Automóvel de Frankfurt, já no próximo dia 12 de Setembro.

Certo é que as imagens revelam um superdesportivo naquelas que serão as suas linhas finais e equipado com um generoso splitter (lábio inferior) dianteiro, entradas de ar nas laterais, além de uma enorme asa traseira, acompanhada de um difusor traseiro em fibra de carbono. Com uma cabina da qual faz parte uma extensa superfície vidrada, que se prolonga pelas laterais, o Aspark Owl conta ainda com portas de abertura tipo asa de gaivota, além de volumosos retrovisores nos pilares A.