O Benfica até era líder. Mas tinha somente mais um ponto do que o segundo na tabela, o Porto. No dia 18 de março de 2017 empataria a zero na deslocação a Paços de Ferreira. O Porto também empataria em Setúbal e, do mal o menos, a liderança não se perderia.

Na jornada seguinte, a vigésima sétima, empate (1-1) na receção aos portistas. Isto no primeiro dia de abril. Quatro dias mais tarde, em jogo a contar para a Taça de Portugal, o Benfica voltaria a empatar, agora 3-3 e com o Estoril. Esta foi a pior fase de Rui Vitória na Luz, estando três jogos consecutivos sem tomar o gostinho a um triunfo.

Ainda assim, seria campeão no final da época — saindo igualmente vitorioso do Jamor.

Agora, Vitória repete a proeza de não vencer há três partidas. Mas até conseguiu fazer pior: perdeu com o CSKA em casa na Liga dos Campeões, perdeu no Bessa com o Boavista na última jornada do campeonato e empatou esta quarta-feira à noite com o Braga na Luz. Mas este empate também tem o que contar: é que a última vez que o Benfica perdeu pontos em casa em jogos a contar para a Taça da Liga foi em outubro de 2007, com o V. Setúbal — daí para cá, 19 vitórias seguidas… e um empate, agora.

Este foi também o terceiro jogo consecutivo em que o Benfica não vence depois de ter estado em vantagem no marcador. Alguém falou em crise?