Rui Veloso abre esta segunda-feira o ciclo “Concertos Arena Live”, no Casino Lisboa, que apresenta dez concertos, até à noite de fim do ano, protagonizada por Ana Moura.

Rui Veloso regressa ao palco Arena “para apresentar, num formato intimista, alguns dos seus principais sucessos discográficos”, entre os quais “Porto Sentido”, “Não Há Estrelas no Céu”, “Sei de Uma Camponesa”, “O Prometido É Devido”, “Porto Covo” ou “Lado Lunar”, adiantou o Casino Lisboa, em comunicado enviado à agência Lusa.

Segue-se, no dia 6 de novembro, a fadista Gisela João, que recentemente, editou o álbum “Nua”, um dos recomendados pelo júri do Prémio José Afonso, este ano.

Carlão, que no ano passado esgotou o concerto no Arena, atua no dia 13, e vai “privilegiar as melhores composições do álbum ‘Quarenta'”.

No dia 20 de novembro, atuam os GNR – Rui Reininho, Toli César Machado e Jorge Romão -, e o último concerto de novembro, no dia 27, marca a estreia de Slow J, no ciclo de “Concertos Arena Live” do Casino Lisboa, que se refere ao artista como “um caso sério da nova música feita em Portugal”,

Outra estreia neste ciclo é a de David Carreira, no dia 11 de dezembro, que vai apresentar “3 World Tour”.

O mês de dezembro abre com Branko e Convidados, e, no dia 18, atua Agir que vai “interpretar os seus principais êxitos discográficos, assim como alguns temas inéditos que vão fazer parte do seu próximo álbum, cujo lançamento está previsto para 2018.

No dia 25 de dezembro, dia de Natal, a música no palco Arena é pelo Gospel Collective, dirigido pela cantora e maestrina Anastácia Carvalho.

Ana Moura encerra o ciclo, no dia 31 de dezembro, garantindo o concerto de ‘réveillon’ no palco Arena do Casino Lisboa.

A fadista será acompanhada pelos músicos Ângelo Freire, na guitarra portuguesa, Pedro Soares, na viola, André Moreira, no baixo, João Gomes, no teclado, e Mário Costa, na bateria e percussão.

No ano passado assistiram ao ciclo “Concertos Arena Live” 90 mil pessoas, segundo dados do Casino Lisboa.