Os trabalhadores das empresas de distribuição vão fazer uma greve antes do dia Natal, anunciou a Federação Portuguesa dos Sindicatos do Comércio, Escritórios e Serviços (FEPCES) esta quarta-feira em comunicado.

Os trabalhadores do setor das empresas de distribuição vão levar a efeito, em todo o território nacional, uma greve nos próximos dias 23 e 24 de dezembro de 2017, das 00h00 às 24h00″, pode ler-se no comunicado.

A paralisação vai durar dois dias e começa já às 00h00 da próxima sexta-feira. A greve termina às 24h00 de sábado. Em causa estão aumentos salariais, horários de trabalho, progressão automática dos operadores de armazém e negociação do contrato coletivo de trabalho.

A FEPCES anuncia ainda que “os trabalhadores cujo horário de trabalho se inicie antes das 00h00 do dia 23 de dezembro ou termine depois das 24h00 do dia 24 de dezembro de 2017” deverão parar de trabalhar no momento em que se inicia a greve ou, nos restantes casos, começar a trabalhar depois das 24h00 do dia 24 de dezembro.

Ainda assim, a FEPCES diz ainda que os serviços necessários à segurança e manutenção do equipamento e das instalações serão garantidos.