Cultura

Companhia do Chapitô abre digressão internacional no festival de Madrid

A Companhia do Chapitô marca presença no Festival de Outono na Primavera da Comunidad de Madrid, abrindo uma digressão de 21 espetáculos, 19 dos quais em Espanha.

MIGUEL A. LOPES/LUSA

A Companhia do Chapitô apresenta-se esta sexta-feira no 35.º Festival de Outono na Primavera da Comunidad de Madrid, com “Édipo”, numa encenação de John Mowat, que fica em cena na capital espanhola até domingo.

“Édipo”, sobre a tragédia de Sófocles, antecipa a apresentação de “Electra”, a partir de Eurípides, que subirá ao palco do festival nos dias 2, 3 e 4 de março, abrindo uma digressão de 21 espetáculos, 19 dos quais em Espanha. Até maio, a companhia atuará em salas do País Basco, de Castela e Leão e da Galiza. Em Portugal, apresentará “Electra”, em Benavente, no dia 15 de abril, e em Lousada, a 23 de abril.

Com direção de Cláudia Nóvoa e José Carlos Garcia, “Electra” é uma adaptação da tragédia homónima de Eurípides, e das suas diferentes versões, só que representada em estilo de comédia, e encenada apenas com colheres de sopa como adereço. No palco vão estar três atores — Jorge Cruz, Nádia Santos e Tiago Viegas — que dão corpo às diferentes personagens.

A ação da peça centra-se em Electra, que dança até morrer e que mata a mãe, com a ajuda do irmão, porque esta matara o marido com a ajuda do amante.

Equador, Peru, Colômbia, Cuba e Rússia, em S. Petersburgo, são outras etapas na digressão da peça sem que haja ainda datas marcadas, como disse à Lusa fonte da Companhia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)