Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Atravessar parte da Sibéria num evento organizado por ingleses, em pleno conflito diplomático com a Rússia, que até meteu expulsão de embaixadores, foi apenas o menor dos problemas com que nos deparámos nesta incursão pelo país de Putin, líder de um Estado que, segundo os britânicos, depois da distribuição – gratuita, é claro – de polónio radioactivo aos seus ex-espiões – especializou-se agora em brindá-los com gás de nervos, uma tal molécula conhecida como A-230, que faz parecer os tenebroso gases Sarin e VX uma brincadeira de crianças.

Esta incursão pela Sibéria, a bordo do novo Mazda CX-5, foi “apenas” a mais recente das Epic Drives organizadas pela equipa da Mazda no Reino Unido, que em Setembro de 2017 tinha visitado os Açores, mais especificamente a ilha de São Miguel, que adorou e classificou como o Havai da Europa, cujo vídeo pode ver aqui:

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.