A equipa campeão de futebol profissional do FC Porto realizou esta segunda-feira um treino aberto, o último desta época, no Estádio do Dragão que contou com a presença de cerca de cinco mil pessoas.

Numa sessão de trabalho em que os lesionados Dalot, Diego Reyes e Danilo não participaram, mas estiveram sentados no banco, o clima foi de continuação de festa e boa disposição.

O treino ficou ainda marcado pela presença de representantes da Liga Portugal, que entregou prémios individuais, referentes ao mês de abril, a Iker Casillas (melhor guarda-redes), Alex Telles (melhor defesa), Herrera (melhor médio e melhor golo) e Sérgio Conceição (melhor treinador).

Maxi Pereira também foi distinguido, mas pelos responsáveis dos ‘dragões’. O lateral uruguaio recebeu uma camisola com o número 100 das mãos de Luís Gonçalves, diretor-geral do FC Porto, referente à marca de 100 jogos ao serviço dos ‘azuis e brancos’.

No último treino da época, antes de entrarem de férias, os jogadores treinaram de forma ligeira, durante menos de uma hora, terminando os trabalhos devido a uma invasão de campo pacífica por parte de muitos dos adeptos presentes no Dragão, que aproveitaram para conviver e tirar fotografias com os jogadores.