Mundial 2018

Lopetegui despedido da seleção espanhola depois de anúncio de saída para o Real Madrid

837

A dois dias do primeiro jogo da seleção, contra Portugal, o treinador foi demitido do cargo de selecionador, depois de notícias de que irá para o Real Madrid. Fernando Hierro vai orientar seleção

JuanJo Martin/EPA

A dois dias do primeiro jogo da seleção, contra Portugal, o treinador espanhol Julen Lopetegui foi demitido do cargo de selecionador, depois de notícias de que irá para o Real Madrid. A decisão foi comunicada pelo presidente da Real Federação Espanhola, Luis Rubiales, em conferência de imprensa. Segundo avançou, entretanto, a imprensa espanhola, será o ex-defesa central do Real Madrid Fernando Hierro a orientar a equipa no futuro próximo.

Luis Rubiales disse que só soube que Lopetegui iria trocar a seleção pelo Real Madrid cinco minutos antes do anúncio oficial feito pelo clube merengue: “Não se podem fazer as coisas desta maneira. Fomos obrigados a tomar esta decisão”.

“Se alguém quiser iniciar alguma relação com um trabalhador da federação, tem que falar com o trabalhador mas também com a federação. É algo básico, porque é a equipa de todos os espanhóis”, disse Rubiales. “Na federação não podemos não cumprir com os nossos próprios valores. É uma situação difícil e dolorosa”, acrescentou.

O presidente disse que “é um duro golpe” mas que a equipa já está pronta e focada no treino desta quarta-feira à tarde e afirmou que os capitães de equipa lhe transmitiram o seu “compromisso máximo” apesar da situação. Luis Rubiales não anunciou quem será então o selecionador de Espanha no Mundial mas informou que os responsáveis da federação “vão tentar mexer o menos possível”.

Julen Lopetegui assumiu o comando da seleção espanhola em 2016. Antes também já tinha passado pelas seleção jovens de Espanha, ganhando dois europeus de sub-19 e um europeu de sub-21. O treinador espanhol também treinou o FC Porto durante uma época e meia, entre 2014 e 2016, e não ganhou qualquer troféu.

Hierro orienta a equipa durante o Mundial

Em resultado, Fernando Hierro, que era diretor desportivo da federação, foi nomeado selecionador espanhol de futebol. “Fernando Hierro assumirá o cargo de selecionador nacional no campeonato do mundo da Rússia e comparecerá perante a imprensa acompanhado pelo presidente da federação”, anunciou a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), em comunicado.

A RFEF, que convoca a comunicação social para uma conferência de imprensa marcada para as 18:30 locais (16:30 em Lisboa), em Krasnodar, avança ainda que Hierro “dirigirá o seu primeiro treino na sexta-feira e estreia-se em Sochi, com Portugal”.

O ex-central do Real Madrid, clube em que jogou entre 1989/90 e 2002/03, tem apenas uma experiência como treinador principal, em 2016/17, no Oviedo, da segunda divisão espanhola, e, em 2014/15, foi adjunto do italiano Carlo Ancelotti nos ‘merengues’.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)