Tailândia

Governo tailandês recebeu cinco propostas para filmes sobre resgate de jovens encurralados em gruta

O governo tailandês já recebeu cinco propostas para a realização de filmes sobre história dos 12 rapazes (e um adulto) que foram resgatados após 18 dias encurralados numa gruta.

AFP/Getty Images

O governo tailandês já recebeu cinco propostas para a realização de filmes sobre a história dos rapazes que foram resgatados na Tailândia, depois de 18 dias encurralados numa gruta.

O anúncio foi feito pelo ministro da Cultura da Tailândia, Vira Rojpojchanarat, em declarações ao jornal The Nation. “Cinco empresas internacionais de produção cinematográfica propuseram aos Ministérios do Comércio e dos Negócios Estrangeiros a realização [cada uma] de um filme e de um documentário sobre a operação de resgate”, disse o ministro.

Na mesma entrevista, Rojpojchanarat afirmou que será criada uma comissão especial para supervisionar o rigor dos factos e garantir o mínimo de impacto ambiental provocado por estas produções. “As comissões estarão preocupadas com a veracidade da história, os direitos da equipa de resgate e outras agências envolvidas, bem como a imagem da Tailândia. Também vão estar focados no impacto da produção cinematográfica nos locais dos filmes… Temos todo o prazer em apoiar produções cinematográficas tailandesas e internacionais para fazerem um filme e documentário sobre o Mu Pa [equipa de futebol do Wild Boars], desde que sigam as leis tailandesas”. O ministro não forneceu mais informações sobre as propostas.

A Variety avança que entre as interessadas estão as produtoras internacionais Ivanhoe Pictures e Pure Flix Entertainment, e a tailandesa DeWarrenne Productions. O Discovery Channel já produziu e exibiu nos Estados Unidos um documentário com o título “Operação Resgate Tailandês”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Educação

Mais vale acabar

João Pires da Cruz

Damos atenção aos direitos de todos menos aos daqueles que são mais preciosos, os nossos filhos. Gastamos dinheiro em tudo, menos no que é impossível substituir, o tempo das nossas crianças aprenderem

Política Externa

O Imperador vai nu /premium

Diana Soller

A situação geográfica de Portugal coloca-o numa posição estratégica privilegiada para os interesses das grandes potências. Pelo que o Estado terá que tomar decisões muito sérias quanto ao nosso futuro

Educação

Mais vale acabar

João Pires da Cruz

Damos atenção aos direitos de todos menos aos daqueles que são mais preciosos, os nossos filhos. Gastamos dinheiro em tudo, menos no que é impossível substituir, o tempo das nossas crianças aprenderem

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)