PCP

PCP culpa UE, atual e anteriores governos pela “iminente rutura” da ferrovia

146

Em conferência de imprensa, o dirigente comunista João Ferreira ironizou com o "sucesso" dos "pacotes legislativos" comunitários para grandes multinacionais.

RUI MINDERICO/LUSA

O dirigente comunista João Ferreira atribuiu esta segunda-feira a responsabilidade de “iminente rutura” do setor ferroviário às regras impostas por Bruxelas, seguidas pelo atual e anteriores governos portugueses, em benefício do “grande capital e grupos monopolistas”, designadamente da Alemanha.

O deputado ao Parlamento Europeu ironizou com o “sucesso” dos “pacotes legislativos” comunitários para, por exemplo, “a Siemens alemã, a grande multinacional que se consolidou no processo, que eliminou e comprou o essencial das empresas fabricantes, a ponto de já ter comprado a própria multinacional francesa Alstom, que hoje domina o mercado europeu”, em conferência de imprensa na sede do PCP, Lisboa.

“Importa recordar a destruição do aparelho produtivo nacional de material circulante, completado em 2003/05, com o encerramento da Sorefame e cumplicidade ativa dos governos de Durão Barroso (PSD/CDS-PP) e José Sócrates (PS), que não pode ser desligado do facto de os últimos comboios adquiridos para a ferrovia nacional terem-no sido em 2002, à Sorefame”, disse.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]
Política

Retorno a um passado negro /premium

Paulo Tunhas

Uma boa parte daquilo que é conhecido pelo nome de “esquerda", em nome de uma concepção da justiça colhida no mundo das ideias, propõe políticas que têm por efeito o exacto contrário do proclamado.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)