O FC Porto prepara-se para reforçar o lado esquerdo da sua defesa com Jorge, lateral esquerdo brasileiro do Mónaco, que deverá chegar por empréstimo de um ano com opção de compra.

O Observador sabe que o defesa de 22 anos foi a opção escolhida pelos responsáveis do Dragão depois de Zakarya Bergdich, marroquino do Belenenses, ter falhado por chumbo do jogador nos exames médicos. Já durante a última quarta feira, as conversações estavam perto de chegar ao fim, estando o negócio preso por detalhes como a opção de compra incluída no empréstimo do atleta.

Jorge participou em 27 encontros ao serviço do Mónaco na última época, mas viu o espaço na equipa reduzir-se com a chegada de Barreca e Henrichs (Créditos: Getty Images)

Segundo o jornal O Jogo, as negociações entre os dois clubes intensificaram-se durante esta quinta-feira e, neste momento, é quase certo que Jorge já não deverá fugir aos Dragões, estando a mudança para o FC Porto apenas dependente da realização dos habituais exames médicos.

Jorge foi o eleito para o lado esquerdo da defesa do Mónaco de Leonardo Jardim durante a temporada passada, com um golo marcado em 27 presenças oficiais, uma das quais na derrota caseira do clube perante o FC Porto, por 3-0, na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Ainda assim, o brasileiro viu o seu espaço na equipa reduzir-se com as chegadas do italiano Antonio Barreca (proveniente do Torino, por dez milhões de euros) e do alemão Benjamin Henrichs (vindo do Bayer Leverkusen, por 20 milhões de euros) e ainda não realizou qualquer partida na presente temporada. 

O brasileiro conta com quatro jogos na Liga dos Campeões, um frente ao FC Porto, outro contra o Besiktas de Quaresma e dois frente ao Leipzig (Créditos: Getty Images)

O lateral chegou ao Mónaco em janeiro de 2017 proveniente do Flamengo por uma verba a rondar os 8,5 milhões de euros, no mês em que rubricou a sua única internacionalização pela seleção do Brasil até ao momento, num particular frente à Colômbia. Na primeira época ao serviço do Mónaco, conquistou o único título da carreira — campeão francês.

Antes de ingressar no Mónaco, passou toda a formação e início de carreira no Flamengo, onde se destacou como o melhor lateral esquerdo da liga do Brasil, no ano de 2016.

Mas a lista de reforços no Dragão não deverá ficar por aqui: segundo O Jogo, também o médio holandês Riechedly Bazoer estará perto de ser anunciado como jogador azul e branco. O jovem de 21 anos deverá chegar proveniente do Wolfsburgo num negócio de contornos semelhantes ao de Jorge, num ano de empréstimo com opção de compra.

Médio holandês de 21 anos deverá chegar ao FC Porto proveniente do Wolfsburgo por empréstimo de um ano com opção de compra (Créditos: Getty Images)

Bazoer conta com seis internacionalizações pela Holanda e está ao serviço do Wolfsburgo desde 2016/17, altura em que foi contratado ao Ajax. No clube alemão soma 27 jogos nas duas últimas temporadas; no Ajax, deu nas vistas com oito golos em 71 encontros, depois de ter cumprido grande parte da formação no rival holandês PSV. O médio fez ainda parte da seleção holandesa que se sagrou campeã europeia Sub-17 em 2012.

Jorge e Bazoer têm chegada prevista ao Porto para esta quinta feira, onde realizarão os testes médicos, que, a serem bem sucedidos, permitirão o anúncio oficial dos dois atletas enquanto jogadores do FC Porto.