Festivais de Cinema

Filme “Roma” de Alfonso Cuarón vence Leão de Ouro em Veneza

O filme do mexicano Alfonso Cuarón foi produzido pela Netflix. É a primeira vez que a plataforma é distinguida, depois de ter sido afastada de Cannes.

Há 17 anos que o realizador mexicano não fazia um filme no seu país natal

MARIO GUZMAN/EPA

O filme “Roma”, realizado pelo mexicano Alfonso Cuarón e produzido pela Netflix, acaba de ganhar o Leão de Ouro da 75.ª edição do festival de cinema de Veneza, anunciou o júri da competição oficial, presidido pelo também mexicano Guillermo del Toro.

O prémio mais importante do festival de cinema mais antigo do mundo distingue, assim, pela primeira vez a plataforma de streaming Netflix  — que em maio abandonou Cannes por não responder às exigências de colocar as suas produções no circuito tradicional. Os irmãos Ethan e Joel Coen receberam o prémio de Melhor Argumento por “The Ballad of Buster Scruggs”, também uma produção Netflix.

O Grande Prémio do Júri foi atribuído ao filme “The Favourite”, de Yorgos Lanthimos, e o Leão de Prata de Melhor Realizador foi para Jacques Audiard, por “The Sisters Brothers”.

Guillermo del Toro, presidiu o júri composto pelos atores Christoph Waltz, Trine Dyrholm e Naomi Watts e os realizadores Nicole Garcia, Sylvia Chang, Taika Waititi, Malgorzata Szumowska e Paolo Genovese,

Cuarón traz ao filme “Roma” as memórias da sua vida familiar, em 1971, no bairro de Roma, na cidade do México. Em 17 anos, este é o primeiro filme que realizou no seu país natal. Recorde-se que o realizador já tinha sido distinguido em Veneza com o filme “E a tua mãe também”, em 2001. Numa entrevista que deu recentemente à Vanity Fair, o realizador admitiu que foi Guillermo del Toro, agora jurado, quem o fez aceitar a realização do filme “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban”, em 2003. Quando lhe disse que estava a pensar trabalhar no Harry Potter, mas que nunca tinha lido um livro ou visto um filme da personagem, Guillermo del Toro chamou-lhe “fracote”.

Veja, de seguida, a lista de vencedores do festival:

  • Leão de Ouro: ROMA, de Alfonso Cuáron (México)
  •  Grande Prémio do Júri: THE FAVOURITE, de Yorgos Lanthimos (Grécia)
  •  Prémio Especial do Júri: THE NIGHTINGALE, de Jennifer Kent (Austrália)
  •  Melhor realizador: Jacques Audiard (França), por THE SISTERS BROTHERS
  •  Melhor actor: Willem Dafoe em AT ETERNITY”S GATE, de Julian Schnabel (EUA)
  •  Melhor actriz: Olivia Colman, em THE FAVOURITE
  •  Melhor argumento: Joel e Ethan Coen (EUA), por THE BALLAD OF BUSTER SCRUGGS

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: ssimoes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)