Web Summit

A Web Summit fica em Lisboa. Anúncio oficial acontece quarta no Altice Arena

1.567

A Web Summit vai manter-se em Lisboa, confirmou o Observador. A notícia foi avançada pela Antena 1, que diz que a conferência permanece até 2028.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

A Web Summit vai continuar em Lisboa, confirmou o Observador. A Antena 1 avança que será por mais dez anos. O anúncio vai ser feito esta quarta-feira de manhã no Altice Arena. Esta terça-feira de manhã, a Web Summit anunciou nas redes sociais que tinha novidades sobre a conferência que seriam anunciadas em 24 horas. Na corrida pela maior conferência de empreendedorismo, tecnologia e inovação estavam Madrid, Berlim e Valência.

Contactada pelo Observador, a Câmara Municipal de Lisboa não faz comentários, a Web Summit também não e continua a remeter as novidades sobre o evento para quarta-feira de manhã. Até à hora a que este artigo foi publicado, o Governo não respondeu às tentativas de contacto do Observador.

A Web Summit tinha um contrato de três anos com o Governo português, que terminaria em 2018. Para as edições futuras, estavam várias negociações em cima da mesa , mas sempre foi intenção do executivo português manter a conferência tecnológica em Portugal. A TSF avança que a conferência vai triplicar de tamanho.

Em julho, o Observador avança que a proposta do Governo (para mais dez anos) estaria em “desvantagem” face às candidaturas de cidades como Londres, Madrid ou Paris. O Eco avançava no mesmo mês que a proposta do Governo passaria por um contrato de cinco anos, seguido de outros cinco. Segundo o que o Observador apurou, os detalhes do acordo ainda estarão a ser negociadas pelas partes.

Até à data, ainda não se conhecem valores da proposta, mas sabe-se que Valência tinha apresentado uma proposta de 50 milhões de euros públicos para receber a Web Summit nos próximos 10 anos. No total, contando com infra-estruturas e outros apoios, a conferência receberiam um investimento de 170 milhões.

Nos últimos três anos, o Turismo de Lisboa, Turismo de Portugal e a AICEP investiram um total de 3,9 milhões de euros na Web Summit — 1,3 milhões por cada ano. O contrato com o Governo previa a possibilidade de extensão do contrato por mais dois anos, mas nunca ficou garantido. Estima-se que o evento tenha um impacto de 300 milhões de euros, por ano, na economia lisboeta.

A edição de 2018 realiza-se entre 5 e 8 de novembro em Lisboa, na Altice Arena e na FIL. São esperadas mais de 70 mil pessoas de 170 países, segundo a organização. Na edição do ano passado, participaram no evento 59.115 pessoas de 170 países, entre os quais mais de 1.200 oradores, duas mil startups, 1.400 investidores e 2.500 jornalistas acreditados.

Fundada por Paddy Cosgrave, na Irlanda, em 2010, a Web Summit tornou-se num dos principais eventos de empreendedorismo e tecnologia.

*Em atualização

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: apimentel@observador.pt
Web Summit

Quem convidou Marine Le Pen? /premium

Rui Ramos
201

Ao tentarem criar um tabu sobre as migrações, as elites europeias criaram Marine Le Pen, Gert Wilders e os outros. Talvez a voz deles não chegue ao céu, mas já quase chegou ao Web Summit.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)