O número de pessoas infetadas com o vírus Zika ultrapassou as 100 no estado do Rajastão, no norte da Índia, segundo dados reunidos pela Associated Press a partir da imprensa local. O estado, célebre pelos seus monumentos e palácios, atrai anualmente milhares de turistas.

A agência de notícias indiana Press Trust of India noticiou, no sábado, a existência de oito novos casos na capital do estado, Jaipur, adiantando que os novos casos foram descobertos na sequência de uma investigação do departamento de saúde para despistara infeção em mulheres grávidas durante o primeiro trimestre.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) detetou o primeiro caso de vírus Zika na Índia em Ahmedabad, localidade do Estado de Gujarate, em janeiro de 2017. Os sintomas de infeção pelo vírus Zika incluem febre, dores nas articulações e erupções cutâneas. A doença tem sido associada ao nascimento de bebes com microcefalia. A OMS registou casos de vírus Zika em 86 países.