A REN – Redes Energéticas Nacionais obteve lucro de 90,9 milhões de euros entre janeiro e setembro, mais 2,3% do que no mesmo período de 2017, divulgou esta quinta-feira a empresa liderada por Rodrigo Costa.

O EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) dos primeiros nove meses atingiu 378,4 milhões de euros, mais 3,8% face ao mesmo período do ano passado, informou a gestora da rede elétrica e de gás natural em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Já o investimento da empresa recuou 16,3% até setembro para os 67,2 milhões de euros, quando no mesmo período do ano anterior tinha investido cerca de 80 milhões de euros.