Morrissey, o cantor inglês ex-vocalista dos The Smiths, terminou abruptamente um concerto que deu na passada noite de domingo no Copley Symphony Hall, na cidade de San Diego, nos Estados Unidos da América, após um fã ter tentado atacá-lo em palco.

A revista Pitchfork avança que foi durante a canção “Every Day Is Like Sunday” que alguns fãs, no calor do momento, subiram ao palco na tentativa de tocarem no cantor. Foram quase todos intercetados a tempo, exceto um que chegou a tocar no cantor e que o motivou a pôr fim ao concerto.

Esta segunda-feira, o agente de Morrissey publicou na sua página de Facebook que “ninguém tentou esmurrar” o cantor. Refere que o fã em causa tentou “certamente uma abordagem mais agressiva do que os outros fãs e os seguranças tiveram de fazer o seu trabalho para o impedir de cometer um erro”.

Embora a questão tenha sido rapidamente resolvida e ninguém tenha sido magoado nem detido, Morrissey não regressou novamente ao palco.

Veja o vídeo abaixo:

“Nobody tried to punch M last night. Morrissey's fans are not malicious. The fans were simply doing what they have been…

Posted by Morrissey Official on Sunday, November 11, 2018