A Netflix anunciou esta segunda-feira a produção da sua primeira série original africana, “Queen Sono”, protagonizada pela atriz sul-africana Pearl Thusi, que irá estrear-se, na plataforma, em 2019.

A notícia foi confirmada pela Netflix na África do Sul e pela protagonista de “Queen Sono”, através das redes sociais.

“Estou muito orgulhosa e agradecida a todos os que contribuíram para que isto acontecesse. Este era o meu sonho desde criança. Façamos história”, sublinhou Thusi, numa mensagem na rede social Instagram.

A nova série da Netflix conta a história de uma espia de alto nível que trabalha para uma agência sul-africana, com o objetivo de melhorar a vida dos cidadãos do seu continente.

A personagem encarnada por Thusi envolve-se na missão mais perigosa até à data, segundo o ‘sítio’ de notícias sul-africano IOL, e tem de lidar simultaneamente com mudanças na sua vida pessoal e nas suas relações.

O realizador sul-africano Kagiso Lediga é o criador da série, que conta com Tamsin Andersson, também proveniente da África do Sul, como produtora executiva.

A atriz de 30 anos Pearl Thusi, proveniente de KwaZulu-Natal, que se situa na região oriental da África do Sul, é conhecida no seu país pela participação na telenovela “Isidingo” e em filmes como “Emoções à Flor da Pele”, de 2017, sendo também modelo, ativista e apresentadora.

A nível internacional, fez parte de produções como “The Scorpion King: Book of Souls”, de 2018, e interpretou a personagem Dayana Mampasi na série norte-americana “Quantico”, que se estreou em 2015.