Presidente da República

Marcelo deixa mensagem contra o ódio e elogia comunidade ismaelita

285

O presidenta da República compareceu nas comemorações do 20º aniversário do Centro Ismaili de Lisboa e aproveitou para deixar uma mensagem contra ao ódio, elogiando esta comunidade muçulmana.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, acompanhado pelo presidente do Conselho Nacional da Comunidade Ismaili, Rahim Firozali

MÁRIO CRUZ/LUSA

O Presidente da República deixou esta terça-feira uma mensagem contra o ódio e elogiou a comunidade ismaelita em Portugal pela sua integração, valores e ação social, nas comemorações dos 20 anos do Centro Ismaili de Lisboa.

“Sentimo-nos bem neste centro, sentimo-nos em casa, porque partilhamos os mesmos valores. E, neste tempo em que por todo o mundo sopram valores opostos, é tão importante a mensagem que aqui hoje [terça-feira, 18] queremos partilhar: a mensagem da recusa do ódio, da recusa da xenofobia, da recusa do chauvinismo, da recusa da intolerância, da recusa da incompreensão”, declarou o presidente. “É esse o significado da minha presença aqui”, acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa.

Na sua intervenção, o chefe de Estado saudou esta comunidade muçulmana “pelo modo como soube integrar-se” e “afirmar sempre os valores da dignidade da pessoa, dos direitos humanos, do pluralismo, da diferença, da tolerância, da compreensão, da diversidade” em Portugal.

“Vindos de Goa, uns, de Moçambique, outros, com o processo de colonização aqui se fixaram, há décadas, trazendo consigo uma vida cheia de valores, cheia de pujança, cheia de vontade de contribuir para a construção de Portugal”, referiu.

O Presidente da República agradeceu-lhes pelo seu exemplo e considerou que o Centro Ismaili constitui “um símbolo, material e ao mesmo tempo imaterial, desse processo enriquecedor na sociedade portuguesa”.

Depois, elogiou também a comunidade ismaelita pelas suas “obras sociais comunitárias constantes, por todo o país, a olhar, sobretudo, para a juventude e para os idosos” destacando “a concessão de bolsas às crianças das vítimas dos fogos do ano passado”.

Segundo o chefe de Estado, é “de louvar e de agradecer” a presença dos ismaelitas pelo mundo, “uma presença de construção de paz, de desenvolvimento económico, social e cultural, de entendimento e de concórdia, por todos os continentes”.

Nesta cerimónia no Centro Ismaili, Marcelo Rebelo de Sousa plantou uma oliveira, que se juntou a outra plantada há 20 anos pelo então Presidente da República Jorge Sampaio, presente nestas comemorações.

“Querem as duas árvores dizer que, 20 anos depois, continuamos, uns e outros, fiéis aos nossos valores, unidos na afirmação desses valores e olhando para o futuro”, disse.

Além de Jorge Sampaio, nas comemorações dos 20 anos do Centro Ismaili de Lisboa estiveram também presentes o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, entre outros convidados.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
PSD

Não são de direita, não têm o nosso voto /premium

João Marques de Almeida

Se Rangel e Rio não são de direita, então os eleitores de direita não devem votar neles. Votem no CDS, na Aliança ou na Iniciativa Liberal. Reduzidos aos eleitores de esquerda, verão o que lhes sucede

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)