O cantor Roberto Leal revelou que está a lutar contra um cancro há cerca de dois anos. O músico português, de 67 anos, emigrado no Brasil, contou, numa entrevista ao programa Domingo Show, da TV Record, que quis esconder a doença e que sentiu necessidade de se isolar para conseguir superá-la, segundo avança a Selfie, da TVI.

Roberto Leal disse que tudo começou com “uma simples hérnia discal”, que lhe provocou “uma dor que era maior do que tudo” aquilo que ele já tinha sentido e que o impediu desde aí de sair do Brasil. “Era uma dor que começava no final da minha coluna, que se estendia para a minha perna direita e adormecia a perna. Tinha horas em que eu não sentia do joelho para baixo”.

Segundo contou na entrevista, a dor foi ficando mais intensa até que o cantor deixou de conseguir manter-se de pé, acrescentando que chegou a fazer acupuntura para aliviar a dor, mas sem sucesso, até que lhe foi diagnosticado um melanoma.

Roberto Leal já foi operado três vezes, estando agora a realizar sessões de radioterapia. Além do cancro, o cantor tem também a visão afetada devido a duas cataratas e está cego do olho direito.