Imagine um cenário: a moto pretende ultrapassar o automóvel pela esquerda, como deve ser, e informa o veículo que está à sua frente disso mesmo, para evitar que ele vire também e ocorra um acidente. Este tipo de conversa, entre outras, vai evitar uma série do ocorrências entre motos e carros que, tradicionalmente, penalizam bastante os condutores das duas rodas.

A Ducati, que pertence ao Grupo Volkswagen e é controlada directamente pela Audi, apresentou o Safety Road Map 2025, que passa pelo Vehicle-to-Vehicle Communication System, com potencial para os veículos de duas rodas comunicarem com os de quatro rodas, entre si. A tecnologia demonstrada pela Ducati no CES está em linha com o que foi desenvolvido com a Audi e a Qualcomm, para aceitar a tecnologia de comunicação C-V2X.

A solução implica que todos os veículos podem comunicar uns com os outros, partilhando intenções e, logo, evitando acidentes. Partindo de uma Ducati Multistrada 1260 e uma frota de veículos da Audi equipados com a tecnologia C-V2X, a marca italiana de motos provou que a troca de informações vai diminuir o número de acidentes e, mais do que isso, a probabilidade de esses acidentes ocorrerem. Veja aqui como tudo funciona: