Curiosidades Auto

Ciclista versus veado tem (quase) um final feliz

Andar de bicicleta na cidade é bom, como exercício, mas pedalar no meio da natureza eleva este desporto a um outro nível. Só que, por vezes, surgem animais como o veado que surpreendeu este ciclista.

Autor
  • Observador

Muitos ciclistas procuram pedalar em zonas remotas, rodeados pela natureza e com pouco ou nenhum trânsito para atrapalhar. Contudo, por vezes, essa opção dá azo a outro tipo de encontros imediatos, como o que este ciclista enfrentou no Arizona.

Reed Soehnel é um adepto da bicicleta e o seu local favorito para pedalar é Mont Lemmon, próximo de Tucson, no Arizona. Ali, os carros são poucos, os peões ainda menos e a vista é deslumbrante. Mas nem tudo é (sempre) perfeito.

Na sua mais recente incursão por este paraíso do ciclismo, Mont Lemmon transformou-se num inferno. Pelo menos, para ele. Um veado adulto decidiu atravessar a estrada no exacto momento em que Soehnel descia a alta velocidade (para bicicleta) e nenhum dos dois conseguiu evitar o forte embate.

O acidente foi filmado pela câmara de um colega de Reed Soehnel, onde é possível constatar que o ciclista foi projectado pelo ar, tendo aterrado violentamente de costas, isto enquanto o animal abandonava o local sem, aparentemente, qualquer mazela.

Soehnel ficou apenas com uns arranhões e um dos pequenos ossos do pé partido, o que o vai obrigar a recorrer a um automóvel nas suas incursões pelo Mont Lemmon durante as próximas três a seis semanas – um pequeno preço a pagar após uma queda com aquela gravidade. Já a bicicleta ficou inutilizada, pois não resistiu ao embate no veado, nem às piruetas que se seguiram.

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote na segunda edição do concurso dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto ObservadorVote agora

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)