Rádio Observador

Brasil

Helicóptero despenha-se contra camião e faz dois mortos, um deles um apresentador de televisão

152

Um helicóptero despenhou-se esta segunda-feira contra um camião que circulava numa rodovia na cidade de São Paulo. Acidente fez dois mortos, incluindo o jornalista Ricardo Boechat.

© DR

Um helicóptero despenhou-se contra um camião numa estrada na zona oeste de São Paulo e fez dois mortos, incluindo um conhecido jornalista brasileiro. O aparelho caiu na manhã de segunda-feira (por volta das 12h em São Paulo; 14h, em Portugal continental).

O jornalista Ricardo Boechat, apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM, além de colunista da revista “IstoÉ”, seguia na aeronave e é uma das vítimas mortais. Boechat, que trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Estado de S. Paulo” e “O Dia”, tinha 66 anos. Ao longo da carreira ganhou diversos prémios jornalísticos — incluindo o Esso, uma das principais distinções do jornalismo brasileiro — e, segundo o Estadão, em 2014 foi eleito “o jornalista mais admirado no país” pelo site Jornalistas&Cia.

A confirmação da sua morte foi dada pela direção de jornalismo da Band. Ricardo Boechat estava a voltar de Campinas, onde tinha ido dar uma palestra, quando a aeronave embateu contra a parte da frente de um camião. Os ocupantes do helicóptero morreram carbonizados na sequência do incêndio que deflagrou após o embate.

A morte do jornalista está a ter bastante repercussão nas redes sociais. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, também reagiu à notícia, ao escrever no Twitter que “é com pesar” que recebeu a “triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat”. “Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos!”, continuou.

Segundo o jornal brasileiro Estadão, o piloto e o copiloto perderam a vida na sequência do incêndio que deflagrou aquando da queda da aeronave — só uma hora após os relatos iniciais chegou a confirmação de que o premiado jornalista era um dos ocupantes do helicóptero. O condutor do camião, ao que tudo indica, foi socorrido pela concessionária da autoestrada e saiu ileso. O fogo já foi apagado.

O acidente aconteceu ao quilómetro 7 do Rodoanel —  anel rodoviário de 176 quilómetros de extensão que circunda a região central da região metrolopolitana de São Paulo — no sentido Castelo Branco. No local chegaram a estar um helicóptero e 11 viaturas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: acmarques@observador.pt
Brasil

Em nome do Brasil, peço desculpas /premium

Ruth Manus
643

Não, eu não elegi este governo. Mas o meu país o fez. Parte por acreditar na política do ódio, parte por ignorância, parte por ser vítima das tantas fake news produzidas ao longo do processo eleitoral

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)