FC Porto

Sérgio Conceição renova mais um ano no FCP

243

Sérgio Conceição renovou o contrato com o Futebol Clube do Porto por mais um ano.

JOSE COELHO/LUSA

Autores
  • Agência Lusa

A 24 horas do jogo do título com o Benfica, Pinto da Costa anunciou a renovação do contrato do treinador Sérgio Conceição. O presidente do FC Porto garantiu que as negociações foram fáceis: ”falámos ontem à noite e assinámos hoje […] ”se amanhã o jogo fosse com outro clube qualquer estaríamos aqui na mesma”. O treinador afirma que ”o objetivo principal do clube é o título de campeão nacional”.

Pinto da Costa contou que sente ”muita alegria e grande orgulho” em renovar com Sérgio Conceição e prolongar o vínculo por mais um ano, até 2019/20. Reforça ainda que ”0 futuro do FCP tem que ser igual ao passado recente”.

Já o treinador, por seu lado, garante que vai tentar ”dar continuidade” àquilo que o clube tem feito. ”Para mim é um orgulho e uma honra enorme prolongar o contrato”, disse aos jornalistas em conferência de imprensa.

O presidente dos Dragões pediu a Sérgio Conceição que ”seja ele mesmo e que mantenha a sua forma de trabalhar e o seu carácter”. O treinador reforça aquilo que disse há um ano atrás: vem para ”ensinar” e ”não para aprender”.

Sérgio Conceição reconquistou o título de futebol para o FC Porto na estreia, negando o ‘penta’ ao Benfica, e nesta época lidera o campeonato com um ponto de vantagem sobre o rival, que recebe sábado no Dragão, em encontro da 24.ª jornada.

No seu currículo como treinador portista, o ex-internacional luso conta ainda a Supertaça 2017/18, conquistada a abrir a presente temporada, na qual ainda foi finalista vencido da Taça da Liga e está a um ‘passo’ da final da Taça de Portugal.

Em termos europeus, o FC Porto caiu nos oitavos de final da ‘Champions’ em 2017/18 (0-5 em casa e 0-0 fora com o Liverpool) e, em 2018/19, está a disputar a mesma fase, recebendo quarta-feira a Roma, depois de perder por 2-1 em Itália.

No total, como treinador dos portistas, Sérgio Conceição soma 70 vitórias, 14 empates e nove derrotas, em 93 jogos, com 213 golos marcados e 70 sofridos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)