Mercedes-Benz

Maybach GLS. Mercedes puxa pelo luxo e… pelo preço

A Daimler está apostada em desafiar os SUV de luxo britânicos, do Rolls-Royce Cullinan ao Bentley Bentayga. Para tal, avança com o automóvel mais caro produzido nos EUA: o Mercedes-Maybach GLS.

Passou quase um ano desde que, em Abril de 2018, a Daimler revelou no Salão de Pequim um protótipo denominado Vision Mercedes-Maybach Ultimate Luxury, cujo impacto se deveu, sobretudo, ao arrojo das suas linhas, num cruzamento entre SUV e berlina. Ainda que o resultado final desta mistura seja algo estranho, o conglomerado alemão está certo de que será a fórmula mais apropriada para combater os SUV de luxo do momento, onde os britânicos dominam claramente, fazendo-se representar por modelos tão luxuosos quanto onerosos, do Bentley Bentayga, que deu o pontapé de saída nesta classe de veículos, ao Rolls-Royce Cullinan, que herda o nome do maior diamante bruto já encontrado.

Estes serão os alvos que a Mercedes se prepara para combater, produzindo em Vance, no Alabama, o carro mais caro feito nos Estados Unidos da América. Nem mais nem menos que o supra-sumo dos SUV germânicos, o Mercedes-Maybach GLS, que se baseia no concept Vision Ultimate Luxury, tomando como base a plataforma da terceira geração do GLS. Mas convém não esquecer que a concorrência será cada vez mais renhida, pois também a Aston Martin e a Ferrari se preparam para entrar neste segmento. Todas elas em busca de uma fatia que, de acordo com a AutoForecast Solutions, deverá saltar das 7.500 unidades comercializadas em 2018 para 20.000 até 2023.

Com um valor que rondará os 200 mil dólares, no mercado norte-americano, o futuro Maybach GLS vai arrebatar o título que, entre os construtores tradicionais, pertence até agora ao Honda NSX, comercializado nos EUA como Acura, por 157.500 dólares. Puxando pelo luxo e pelo preço, o fabricante alemão espera chamar a atenção dos consumidores mais desafogados financeiramente para o seu portefólio de produtos com a chancela da Maybach.

Espera-se que o Maybach GLS seja lançado ainda este ano na China, um dos mercados que mais absorve este tipo de propostas, a par dos EUA. Tudo indica que, sob o capot, o SUV de luxo contará com um V8 4.0 litros de 570 cv, devendo a sua comercialização arrancar no início de 2020.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)