Um avião incendiou-se esta terça-feira, no aeroporto de Mehraba, em Teerão, capital iraniana, quando ainda tinha a bordo cerca de uma centena de passageiros, segundo a agência Reuters, que cita Pir-Hossein Kolivand, o responsável pelo departamento de emergências do Irão.

Todos os 100 passageiros que ainda se encontravam dentro do aparelho foram retirados em segurança do avião, um Fokker 100, da companhia aérea Iran Air, e o incêndio foi dominado. O avião chegava a Teerão, vindo da ilha Qeshm, em Gulf, na província da Papua Nova Guiné.

Pir-Hossein Kolivand explicou à agência Reuters que o fogo deflagrou depois de o trem de aterragem do avião não ter acionado. De acordo com a a agência noticiosa iraniana, o piloto não tinha conseguido abrir as rodas traseiras do avião e sobrevoou o aeroporto em círculos, enquanto tentava abrir todas as rodas antes de aterrar.