António Dias Alves, presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Gaia/Espinho desde abril de 2017, anunciou esta segunda-feira que renunciou ao cargo, avançou o Jornal de Notícias. O anúncio, acrescentou o mesmo meio, foi feito através de uma carta dirigida aos funcionários do hospital.

Segundo António Dias Alves, “para a execução global da estratégia, bem como do contrato programa e de gestão, é necessário um conselho de administração com a qualificação e coesão requeridas pela dimensão e complexidade do hospital”, acrescentado ainda que deu conta “repetidamente à Tutela” sobre esta situação, e que colocou “o lugar à disposição em 13 de novembro.

Considerando que, volvidos três meses, a situação se mantém, não estando reunidas as condições atrás mencionadas, enquanto presidente do conselho de administração não me restava outra alternativa senão renunciar ao cargo”, acrescentou ainda António Dias Alves.

Uma vez que a saída tem efeitos imediatos, cabe agora ao Ministério da Saúde nomear um novo conselho de administração para o centro hospitalar.