Júlio Mendes, presidente do Vitória de Guimarães, e a direção do clube apresentaram a demissão esta segunda-feira em conferência de imprensa, avança o jornal desportivo A Bola. Segundo o líder da clube,  a direção tem “incapacidade” para a gestão do Vitória, que vive “num permanente estado de guerrilha, intriga e insultos”.

O presidente do clube vai continuar a liderar a SAD até que a nova direção seja eleita. Júlio Mendes estava à frente do Vitória de Guimarães há sete anos.