Rádio Observador

Lifestyle

Uma nutricionista sempre em movimento

144

Bárbara Oliveira é nutricionista e não consegue parar no mesmo sítio durante muito tempo. Partilha o seu conhecimento espalhando dicas sobre como seguir uma vida mais saudável.

“Costumo dizer que sou licenciada em não estar parada, no mesmo lugar, durante muito tempo”, brinca a nutricionista de 24 anos. A verdade é que já tem algumas aventuras para contar. Há dois anos, quando terminou a licenciatura, foi para Moçambique fazer o estágio de acesso à Ordem, numa organização não governamental para o desenvolvimento, a HELPO. “Fui aplicar um projeto na área da nutrição, num trabalho com crianças e técnicos de saúde. Estive lá durante nove meses (em Nampula e na Ilha de Moçambique) e foi um período muito impactante na minha vida, quer a nível pessoal, quer profissional. Muito do que sou, deve-se a essa experiência”. O orgulho transparece na voz, nos gestos e nos olhos brilhantes com que relata a experiência. As fotos que vai mostrando, no ecrã digital do SEAT Ibiza que conduz, comprovam o entusiasmo e a entrega ao projeto.

Já regressada, começou a fazer diversas ações de formação, de workshops a showcookings, nunca descurando as consultas. Anda, por isso, de um lado para o outro, confiando nos caminhos que o Waze lhe mostra, à distância de um comando de voz. “Adoro passear, conviver e conhecer pessoas novas. Nos workshops e showcookings, gosto de partilhar muitas dicas e receitas, assim como no meu Instagram.” Os seus mais de 17 mil seguidores nesta rede social agradecem.

Um mercado em crescimento

Bárbara tem a perceção de que as pessoas estão cada vez mais interessadas em seguir uma  alimentação mais saudável, provocando – ou sendo o efeito – de mudanças no estilo de vida, de uma forma mais abrangente. “É isso que tento fazer nas minhas consultas e ações de formação: mudar alguns hábitos, ensinado receitas saudáveis, com novos ingredientes, mas igualmente saborosas. Partilho alguns conceitos básicos, que não passam somente por uma alimentação saudável e adequada às necessidades individuais, mas também por dormir bem, beber muita água e fazer exercício”, revela.

As gerações mais novas já começam a habituar-se a procurar estilos de vida mais equilibrados, integrando-os no seu quotidiano de forma natural. Tal como já se habituou a algumas características do Ibiza da SEAT, que oferece um sistema “keyless”, que permite abrir as portas do carro sem ter de procurar a chave no meio das inúmeras coisas que trazemos sempre na mão (ou nas malas), ou o carregador sem fios – um verdadeiro “salva-vidas”, que não nos deixa perder nenhuma oportunidade de comunicar com quem queremos, onde queremos e no momento em que precisamos. “O perfil das pessoas que me procura é muito jovem, embora as pessoas mais velhas se interessem cada vez mais. Por exemplo, a minha avó, de 92 anos, cada vez que vê as minhas receitas no Facebook liga-me e diz ‘Bárbara tens de me vir cá ensinar a fazer isto!’. No FB tenho mais pessoas, sobretudo mulheres, da minha idade. Embora ache que os homens têm cada vez mais interesse neste assunto”.

Nos mercados locais

A preocupação ambiental está também integrada nas suas escolhas. Procura abastecer-se de produtos frescos nos mercados locais, e até na horta do seu pai. “Mas isso não implica que não tenhamos produtos congelados. Até porque, no frenesim que é a nossa vida, nem sempre é possível comprar nos mercados e também não queremos que os produtos se estraguem”, acrescenta.

De qualquer forma, há cada vez mais opções para quem deseja fazer escolhas ambientalmente mais sustentáveis e saudáveis – como o Chia Juice Bar, na Quinta da Beloura, que recebe a nutricionista como um amigo de longa data. Bárbara Oliveira gosta de os explorar, não só para poder passar a informação a quem a consulta, mas também para encontrar novas opções. “Eu adoro comer, costumo dizer na brincadeira que sou nutricionista para aprender a comer tudo o que eu quiser”. Assim, vai acumulando conhecimento e receitas. “Costumo até inspirar-me em menus de restaurantes para fazer algumas das minhas refeições”.

Para o futuro, está tudo em aberto. Não conta estacionar tão cedo: “os meus planos passam por esperar (e procurar) novos desafios”. Para isso, nada como carregar no “start”, meter a primeira, escolher o álbum preferido no Spotify, subir o volume no  BeatsAudio do seu SEAT Ibiza e fazer-se à estrada.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: obslab@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)