Juntando a uma estética atraente, mecânicas nobres e um chassi que eleva ao êxtase os amantes de desportivos com raça, a Ferrari colocou o nível dos seus veículos num patamar onde poucos fabricantes são capazes de chegar, pelo que só podemos esperar qualquer coisa de extraordinário quando a marca do Cavallino Rampante anuncia que o SF90 Stradale é o melhor superdesportivo de estrada da sua história.

Do modelo em si já lhe falámos, explicando a forma como recorre a quatro motores para conseguir ser simultaneamente rápido e amigo do ambiente, em que um V8 biturbo se alia a outro motor eléctrico para elevar a potência e melhorar a resposta ao acelerador a baixo e médio regime. Além destas duas unidades, surgem mais outras tantas montadas no eixo dianteiro, puramente eléctricas, que estão incumbidas não só de melhorar o comportamento, recorrendo a soluções como o Torque Vectoring, como de assegurar a locomoção do SF90 Stradale em modo eléctrico, em que consegue percorrer 25 km.

Para se perceber como tudo funciona, a Ferrari libertou dois vídeos, em que num deles detalha, ponto por ponto, toda a componente tecnológica do novo Stradale, da localização dos quatro motores à forma como funcionam. Com destaque para o impressionante 4.0 V8 biturbo que debita 780 cv, o que juntamente com os motores eléctricos, garante 340 km/h de velocidade máxima e a capacidade de ir de 0 a 100 km/h em apenas 2,5 segundos.

No segundo vídeo, o fabricante italiano explica por que podemos esperar o melhor possível da eficácia do SF90, enumerando as soluções ao serviço do condutor. Isto porque a Ferrari não se limitou a conceber um superdesportivo rápido e veloz, tendo ainda garantindo que seria eficaz e divertido de conduzir, independentemente da experiência de quem esteja ao volante. Destaque, entre outras soluções, para o sistema e4WD, um sistema de tracção integral com suporte eléctrico.

O construtor de Maranello tornou ainda público um vídeo do evento em que mostrou, pela primeira vez, a sua mais recente criação.