Passou por duas das melhores escolas do futebol brasileiro, chegou a Portugal via Segunda Liga através do Real Massamá em 2018, teve três clubes no último ano e torna-se agora a terceira contratação mais cara de sempre do Benfica: Carlos Vinicius, avançado de 24 anos que tinha contrato com o Nápoles, foi oficialmente confirmado como reforço dos encarnados.

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que adquiriu a totalidade dos direitos do jogador Carlos Vinicius Alves Morais pelo montante de € 17.000.000 (dezassete milhões de euros) à Società Sportiva Calcio Napoli S.p.A.. Mais se informa que foi celebrado com o referido jogador um contrato de trabalho desportivo por 5 (cinco) épocas desportivas, ou seja, até 30 de junho de 2024, o qual inclui uma cláusula de rescisão no valor de € 100.000.000 (cento milhões de euros)”, confirmaram as águias à CMVM.

Nascido em Maranhão, Vinicius começou na formação do Santos, passou depois pelo Desportivo Brasil e fez ainda uma época nas camadas jovens do Palmeiras. Nos seniores, após um ano no Caldense e outro no Grémio Anápolis, chegou por empréstimo ao Real Massamá em 2017/18, terminando como um dos melhores jogadores e marcadores da Segunda Liga e despertando interesse de vários clubes portugueses. Ainda assim, e de forma um pouco surpreendente, acabou por assinar pelos italianos do Nápoles, ainda que não se tenha estreado pelos transalpinos: esteve seis meses no Rio Ave e depois outros tantos no Mónaco.

Carlos Vinicius já sabe o que é marcar na Luz, neste caso ainda ao serviço do Rio Ave (Carlos Rodrigues/Getty Images)

“A experiência de já ter passado por alguns clubes é boa para mim, para a minha carreira e agora procuro agregar tudo isso ao Benfica. Eu e a minha família sentimo-nos bem aqui em Portugal, sinto-me à vontade. Agora defendo as cores do Benfica, defendo esta nação e é procurar dar tudo num País que me acolheu muito bem. Tenho tudo para, em conjunto com a Família Benfiquista, sairmos todos felizes”, comentou o avançado brasileiro em declarações ao site oficial do clube.

“Desde a primeira vez que vim ao Estádio da Luz para assistir a um jogo lembro-me que na bancada já se sente esse calor. Também já senti o calor deste inferno quando jogava como adversário, é algo que nos atrai. Fico muito feliz por agora fazer parte deste inferno e não tenho dúvidas de que as coisas vão correr muito bem para todos nós. O meu objetivo, tal como o dos meus companheiros, é conquistar aquilo que o clube traçou”, acrescentou Carlos Vinicius.