O Volkswagen T-Roc R acaba de iniciar a sua carreira comercial em Portugal, onde está à venda por valores desde 50.508€.

A versão mais desportiva do SUV alemão monta um motor 2.0 TSI de quatro cilindros, que debita uma potência de 300 cv e um binário máximo de 400 Nm entre as 2.000 e as 5.200 rpm, acoplado a uma transmissão automática de dupla embraiagem DSG de sete velocidades. Disponível exclusivamente com o sistema de tracção integral 4Motion, o T-Roc R recebeu afinações específicas, pelo que a altura ao solo foi reduzida em 20 mm face ao T-Roc standard. Em termos de prestações, reivindica 250 km/h de velocidade máxima, porque a isso está limitado electronicamente, passando pela barreira dos 100 km/h em apenas 4,8 segundos, para o que contribui o facto de estar equipado com launch control.

T-Roc R em síntese

Mostrar Esconder
  • Motor 2.0 TSI, 300 cv, 400 Nm
  • Tracção 4Motion
  • Caixa automática DSG de dupla embraiagem de 7 velocidades
  • Direcção progressiva
  • Jantes em liga leve 18 polegadas; pneus 215/50 R18
  • Modo de condução Race
  • Launch control
  • Bancos dianteiros desportivos
  • Barras de tejadilho cromadas
  • Estofos em tecido “Race” com laterais em alcantara
  • Faróis LED (à frente e atrás)
  • Volante multifunções em couro com patilhas
  • Active info display
  • Ar condicionado de duas zonas
  • Cruise control adaptativo com Front Assist e reconhecimento de peões
  • Sistema de navegação “Discover Media” (ecrã táctil a cores de 8 polegadas; interface USB com ligação iPod/iPhone; 6 colunas)

Esteticamente, são vários os detalhes que distinguem o mais assanhado dos T-Roc. Desde logo, o facto de exibir um pára-choques específico na cor da carroçaria que, lá atrás, acomoda o sistema de escape com saída dupla, à esquerda e à direita, exclusivo do “R”, assim como o difusor. A grelha do radiador também é distinta, com uma faixa prateada de alumínio com acabamento anodizado a marcar toda a largura do veículo, do mesmo modo que a “corpulência” do crossover alemão é enfatizada pelas proeminentes cavas das rodas e pelas jantes de liga leve de 18 polegadas. Perseguindo um apelo desportivo, o tejadilho é prolongado por um spoiler, enquanto as capas dos retrovisores surgem pintadas num preto mate.

Por dentro, a atmosfera do habitáculo foi revista, de modo a realçar a vocação mais desportiva do T-Roc R. Daí que as principais diferenças desta versão, comparativamente à que lhe serve de base, residam nos bancos desportivos e nos pedais cromados, bem como no volante desportivo multifunções e em alguns revestimentos a fibra de carbono.