Ted Cannis é o responsável global pela electrificação na Ford e, em vez de estar concentrado na nova geração de veículos eléctricos a bateria – que finalmente está a avançar após a marca americana ter decidido adquirir a plataforma do ID.3 à VW –, pretende conhecer a fundo os problemas, dúvidas e conhecimentos dos condutores americanos. E estes, muito provavelmente, não deverão diferir assim tanto dos seus congéneres dos restantes continentes.

Num texto publicado recentemente no site Medium, Cannis partilhou com os seus leitores o resultado de um estudo realizado nos EUA, cujo resultado mais traumático apontou para 42% dos americanos acreditarem que os veículos eléctricos necessitam de gasolina para circular.

O estudo mencionado pelo homem dos carros eléctricos da Ford permitiu ainda concluir que 90% dos inquiridos pensam que os carros eléctricos são lentos, com 67% a acharem que os EV não conseguem puxar convenientemente um reboque, sendo os americanos neste ponto ultrapassados pelos europeus (68%).

A solução proposta pela Ford é pois educar os clientes, tentando ultrapassar dúvidas e derrubar mitos. Exactamente o que propõe através deste site.