O Tottenham baniu esta quinta-feira 48 adeptos que venderam bilhetes do jogo da Liga dos Campeões de futebol aos apoiantes do Estrela Vermelha, contrariando um castigo da UEFA que impede os sérvios de ter apoio nos jogos fora.

Cerca de 200 adeptos do Estrela Vermelha tinham entrado no recinto do Tottenham para assistir à partida frente aos spurs (vitória dos ingleses por 5-0), em 22 de outubro, embora a UEFA tenha interditado a presença de apoiantes sérvios nos encontros fora de casa, devido a incidentes racistas frente ao HJK Helsínquia, em jogo da segunda pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões. Os agentes de segurança presentes no jogo isolaram os adeptos sérvios dos ingleses, mas não os retiraram do estádio, por serem em grande número.

O Tottenham, que está sob investigação da UEFA devido a este caso, identificou 48 adeptos que compraram mais bilhetes e os revenderam de forma ilegal, proibindo-os de voltar a entrar no seu estádio.