Nos últimos anos John Legend foi muita coisa: músico, ator, produtor de cinema. Agora, o cantor baladeiro de “All of Me”, “Love me Now” e “Ordinary People” pode juntar um epíteto aos anteriores: é o homem mais sexy do mundo — pelo menos para a revista People.

Na lista da revista norte-americana que elege anualmente os homens mais sexy do mundo, John Legend sucede a Idris Elba, vencedor em 2018, e Blake Shelton, que venceu em 2017. Ambos homens notoriamente maiores do que John Legend, que mede menos de 1,80m, ao contrário de Elba (ronda o 1,90m) e Blake Shelton (perto de 1,96m). Alguém disse que o tamanho importa?

John Legend teve uma reação irónica à distinção dada pela revista People: partilhou uma fotografia muito pouco sexy de 1995 nas redes sociais, escrevendo que “o John de 1995 ficaria bastante perplexo de suceder ao Idris Elba como homem mais sexy do mundo”. Mesmo envelhecendo bem, a surpresa não desapareceu: “o John de 2019 está igualmente perplexo, mas obrigado, People, por me acharem sexy. Vou aceitar de bom grado”.

À revista People, em reação à caracterização, John Legen afirmou estar “entusiasmado” mas também “um pouco assustado” com a pressão de que vai ser alvo. Até tem um receio em específico: “Toda a gente vai esmiuçar-me e tentar ver se sou suficientemente sexy para ter este título. Além disso, sucedo ao Idris Elba, o que não é justo nem agradável para mim”.