Tem sido a piada mais fácil de fazer esta segunda-feira depois da notícias mais recente: se nem Sharon Stone consegue ser eficaz numa app de encontros, que dizer de um comum mortal? Foi a própria atriz de 61 anos, eterno rosto de Instinto Fatal, que partilhou com os fãs as dificuldades sentidas no campeonato dos encontros — e nem sequer falamos da fase em que se conhece alguém novo, propriamente dito.

Stone usou a sua conta oficial de Twitter para denunciar o facto de ter visto o seu perfil bloqueado na app Bumble, que permite às utilizadoras do sexo feminino serem as primeiras  a estabelecerem comunicação com o sexo oposto.

“Inscrevi-me no @bumble dating [site] e eles encerraram a minha conta. Alguns utilizadores queixaram-se que não podia ser mesmo eu! Hey, Bumble, o facto de ser eu é motivo de exclusão?“, ironizou a atriz, que em outubro de 2018 revelava à revista People que abandonara já a ideia de encontrar novo parceiro amoroso, dedicando-se antes à educação dos filhos, Quinn Kelly, 13 anos, Laird Vonne, 14 anos, eRoan Joseph, 19 anos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Mais tarde, num novo tweet, a atriz partilhou a mensagem que recebeu da app, que a informava das razões por detrás do bloqueio. Afinal, a avaliar pela resposta da empresa, tudo não terá passado de uma questão relacionada com a foto de perfil usada por Sharon Stone, e pela necessidade de verificação da mesma — alegadamente, a atriz terá “violado os valores” pelo recurso a uma imagem falsa.

Sondado pela Enterteinment Weekly, um porta-voz da Bumble esclareceu posteriomente que o perfil de Sharon Stone já fora restaurado e, como seria de esperar, revelou que a empresa “está muito honrada que a senhora Stone queira fazer parte desta comunidade”. A mesma fonte fez no entanto ainda notar que uma vez que Sharon Stone se trata de um ícone com enorme dimensão, “é compreensível que muitos dos nossos utilizadores pensassem que era bom de mais para ser verdade, sobretudo depois de verem que a foto de perfil não tinha passado por verificação”.