O português Paulo Gonçalves (Hero) desistiu esta terça-feira, na terceira das 12 etapas, do Rali Dakar de todo-o-terreno quando o motor da sua mota cedeu ao quilómetro 30 dos 477 que compõem a especial.

De acordo com o ‘site’ oficial da organização, Paulo Gonçalves ficou parado no inicio do troço, acabando por ser transportado ao acampamento.

Esta é a sexta desistência em 13 participações do piloto de Esposende na prova, que terminou em segundo em 2015.

Paulo Gonçalves é a primeira baixa entre os 13 portugueses presentes.

O Rali Dakar, que decorre na Arábia Saudita, começou no domingo em Jeddah e vai terminar no dia 17 em Riade.