A segunda parte do Sporting-Benfica arrancou mas não demorou a parar e por cinco minutos marcantes para a partida mas não pelos melhores motivos: uma chuva de tochas negras e verdes caiu dentro do campo do Estádio José Alvalade vinda do topo sul. Uma parte do relvado ficou queimada e obrigou à intervenção dos bombeiros.

O árbitro Hugo Miguel parou a partida, que já tinha recomeçado por causa da presença dos objetos estranhos dentro do estádio. A situação piorou quando o denso fumo das tochas invadiu o campo e dificultou a visão dos atletas. Só ao fim dos cinco minutos, quando os objetos foram retirados do campo, é que o jogo prosseguiu.

Este incidente pode valer (mais) uma multa de milhares de euros ao Sporting, que ainda em novembro do ano passado teve de pagar 15 mil euros por causa dos objetos pirotécnicos enviados para dentro do campo durante um jogo com o Vitória de Guimarães. São assim as regras da Federação Portuguesa de Futebol, que prevê multas de até 20,4 mil euros para episódios como este, que está longe de ser algo isolado na Primeira Liga

Vejas as imagens na fotogaleria.