Anitta volta a Portugal para subir ao palco do Rock in Rio, em Lisboa, e do MEO Marés Vivas, no Porto.  Depois da sua estreia em Portugal em 2018, na Cidade do Rock, e de ter voltado a pisar o Palco Mundo do Rock in Rio em 2019, no Brasil, com uma produção inspirada nas suas origens e na sua história, a rainha do funk volta a marcar presença no Parque da Bela Vista a 28 de junho. 20 dias depois, a 18 de julho, a estrela brasileira ruma ao Porto para atuar no MEO Marés Vivas.

O espetáculo que se prevê ritmado e recheado de hits, dos mais antigos aos mais recentes como “Terremoto”, “Bola Rebola” ou “Contatinho” – cujos videoclipes somam mais de 560 milhões de visualizações no YouTube. Em 2019, “Terremoto”, em coautoria com o também artista brasileiro Kevinho, foi o vídeo de música mais visto no YouTube em Portugal.

Depois de ter conquistado o Brasil com os discos Bang (2015), Ritmo Perfeito (2014) e Anitta (2013) – onde se destaca o hit “Show das Poderosas” – em 2019 Anitta lançou um novo álbum. Kisses (álbum trilingue cantado em português, espanhol e inglês) contou com participações de Swae Lee, Alesso, Becky G, Snoop Dogg e Caetano Veloso, entre outros artistas internacionais, e impulsionou a entrada da artista no mercado internacional.

Foi também em 2019 que Anitta participou no álbum Madame X (2019), de Madonna, e atuou na cerimónia da 20.ª edição do Grammy Latino, para o qual também estava nomeada com Kisses (2019).

Os primeiros passos no mercado global foram dados em 2017, com a participação na canção “Sua Cara”, dos Major Lazer, que também contou com a participação de Pabllo Vittar. A par disso, Anitta venceu durante cinco anos consecutivos o prémio de “Melhor Artista Brasileiro” nos MTV Europe Music Awards, é considerada uma das 15 artistas mais influentes do mundo pela Billboard e junta mais de 44 milhões de seguidores no Instagram.