A fórmula deste FC Porto-Benfica fez-se de dois ingredientes: golos — muitos golos, com penáltis e auto-golos pelo meio — e, enquanto as redes das balizas ondulavam, muitas  discussões dentro das quatro linhas e fora delas.

A primeira parte do clássico entre o Futebol Clube do Porto e do Benfica arrancou com uma queda aparatosa de Taarabt depois de uma entrada arriscada sobre Marega que terminou com o médio benfiquista a receber assistência. Depois veio o golo de Sérgio Oliveira, o empate de Vinicius, um penálti a favor do Porto e depois um auto-golo com sabor a amargura para o Benfica.

Na segunda parte, o Benfica procurou equilibrar a balança do marcador. Vinicius fez o 3-2 pouco depois do apito inicial da segunda parte e pôs o Benfica outra vez na busca por uma vitória, mas sem grande sucesso. Veja na fotogaleria as imagens que marcam o clássico.