O Tribunal da Cidade de Maputo, em Moçambique, condenou esta quinta-feira um cidadão norte-americano a 18 anos de prisão por posse e tráfico de droga. Rodney Willord Baldus, de 66 anos, será deportado para os EUA após cumprir a pena, acrescentou o juiz, citado pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

O caso remonta a julho de 2018, quando Baldus foi detido no Aeroporto Internacional de Maputo com 4,6 quilos de droga, que se suspeitava ser heroína, em ampolas escondidas dentro de pacotes de bolachas. Análises laboratoriais posteriores mostraram que as ampolas continham uma “substância psicotrópica” em forma de pó “com características semelhantes às da heroína”.

O advogado de defesa, Hilário Adelino, considerou a sentença pesada e disse que pretende recorrer.