A Madeira registou esta segunda-feira a temperatura mais alta de sempre no mês de fevereiro com a estação meteorológica da Ponta do Sol a atingir os 28,9 graus centígrados ao meio-dia, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera. Em causa está uma massa de ar quente, seca e acompanhada de poeiras do Saara, no Norte de África, que atinge esta segunda-feira a costa sul da Madeira, podendo afetar a operacionalidade do aeroporto caso a visibilidade seja inferior a cinco quilómetros.

O Funchal registou a segunda temperatura mais alta ao atingir os 28,1 graus centígrados, seguido da Quinta Grande com 25,8 graus, indicou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). A humidade relativa do ar situava-se entre os 14 e os 17%.

“Prevê-se hoje um dia quente – às 8h a temperatura do ar no Funchal já era de 26,6 graus –, seco, e a humidade relativa do ar até ao Lugar-de-Baixo [Ponta de Sol] era da ordem dos 10% a 15%. Está prevista uma invasão de poeiras que, em princípio, vão reduzir a visibilidade”, disse esta segunda-feira de manhã à agência Lusa o diretor do Observatório Meteorológico do Funchal, Vítor Prior.

“É uma massa de ar quente e seca, uma situação de leste, acompanhada de poeiras”, precisou. As poeiras atingirão a costa sul durante todo o dia, até terça-feira, mas o período mais crítico será no final da tarde.

Segundo Vítor Prior, a partir de terça-feira haverá uma redução de temperatura e a poeira ocorrerá com menos intensidade.

As poeiras e a consequente redução de visibilidade “poderão afetar ou não o aeroporto da Madeira, se a redução de visibilidade não for inferior a cinco quilómetros, que é o limite para nele operar”.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou a costa sul da Madeira sob aviso amarelo para tempo quente até às 21h desta segunda-feira, mas desde sábado que o arquipélago tem registado temperaturas elevadas para o mês de fevereiro.

No domingo, foi registada a temperatura máxima diária mais alta até agora alcançada no mês de fevereiro – 27,7 graus –, valor que esta segunda-feira poderá ser superado.

“Hoje [segunda-feira] a temperatura deverá chegar aos 28 graus nalguns pontos da costa sul”, referiu Vítor Prior. Os maiores valores que tinham sido registados no passado no mês de fevereiro foram em 2004 (27 graus) e em 1949 (26,6 graus).

Apesar destas condições atmosféricas, o movimento aéreo no Aeroporto da Madeira Cristiano Ronaldo decorre com normalidade.

Segundo o IPMA, as previsões meteorológicas para a Madeira são de vento moderado a forte (20 a 40 quilómetros/hora) do quadrante leste, soprando forte (40 a 50 quilómetros/hora) nas terras altas e por vezes com rajadas até 70 quilómetros/hora, tornando-se fraco a moderado (10 a 30 quilómetros/hora) a partir da tarde.

No que diz respeito ao estado do mar, na costa norte as ondas serão de nordeste com dois a 2,5 metros, passando a ondas de noroeste com 1,5 a dois metros, e na costa sul as ondas serão de sueste com um a 1,5 metros. A temperatura da água do mar será de 19 graus centígrados.

A mesma massa de ar quente atingiu as Ilhas Canárias, resultando numa tempestade de areia que levou ao encerramento dos aeroportos da região por falta de visibilidade, adiantou a Sky News. A situação teve início este domingo e já se tornou viral nas redes sociais, onde foram divulgadas várias imagens, onde se pode ver o tom alaranjado que paira sobre as ilhas espanholas.

Imagem retirada do Twitter

Cerca de 14 mil britânicos que estavam presos nas ilhas devido ao encerramento dos aeroportos, começaram esta segunda-feira de manhã a regressar a casa, depois de alguns voos terem sido retomados, diz a mesma fonte. As pessoas que permanecem nas ilhas foram aconselhadas a ficar dentro de casa e a manter as janelas e as portas fechadas.

Imagem retirada do Twitter

Ventos fortes carregados de areia que conferiram um tom alaranjado ao céu fez a viagem de um turista de Belfast parecer “apocalítica”, onde se tornou “bastante difícil respirar”, refere o canal britânico. O governo regional declarou estado de alerta, cancelando todas as atividades ao ar livre, incluindo algumas celebrações de carnaval.

Imagem retirada do Twitter